Adolescente que não pode entrar descalça em centro comercial será indenizada

A menor estava indo ao encontro dos pais no local, quando sua sandália arrebentou e foi impedida de entrar no centro de compras por um segurança, mesmo o pai da adolescente, explicando que a primeira coisa que iriam fazer era comprar um calçado para ela.

 

O estabelecimento explicou que o impedimento do ingresso da adolescente visava garantir a segurança dos consumidores, além de ser uma das normas afixadas na entrada do local, a proibição de andar descalço.

 

Para o juiz, da 5ª Vara Cível de Vitória, houve uma conduta abusiva do segurança: “Apesar de se tratar de norma de segurança e de a requerida afirmar que as normas de ingresso estariam estampadas nos portões de entrada do estabelecimento, não seria razoável impedir o ingresso de menor de idade, acompanhada de seu genitor, sequer para que os mesmos pudessem adquirir novas sandálias para requerente, antes mesmo de realizarem as compras.”

 

Desta forma, o estabelecimento deverá indenizar a autora em R$ 7 mil, pela conduta vexatória, que foi submetida.

 

Fonte: Migalhas

Como posso ajudar? Entre em contato.